PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Receita estima que cerca de 3 milhões tenham recebido auxílio e passado limite

Lorenna Rodrigues

Brasília

24/02/2021 16h57

A Receita Federal estima que cerca de três milhões de brasileiros terão que devolver o auxílio emergencial porque receberam, também, rendimentos tributáveis acima do limite permitido por lei. Brasileiros que receberam auxílio emergencial em 2020 e tenham ganhado ainda rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76 naquele ano terão que devolver os valores recebidos do benefício por ele ou por seus dependentes.

O responsável pelo Programa do Imposto de Renda, José Carlos Fernandes, ressalta que só é obrigado a declarar quem recebeu o auxílio, em qualquer valor, inclusive por dependentes, e também teve outros rendimentos em valor anual superior a R$ 22.847,76 em 2020.

"Quem recebeu o auxílio emergencial, mas não ultrapassou o limite, não tem que declarar Imposto de Renda. Dos mais de 60 milhões que receberam, estimamos que talvez cerca de três milhões tenha ultrapassado o limite de rendimentos", afirmou Fernandes.

Ao preencher a declaração, o próprio sistema da Receita Federal gerará uma mensagem informando que foi identificado na declaração rendimentos que ultrapassaram os limites, tendo, assim, que ser devolvido o valor do auxílio emergencial. Será possível gerar no próprio programa uma guia para o pagamento do valor.

PUBLICIDADE