PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Argentina firma decreto para setor automotivo e isenta parte de suas exportações

Presidente argentino também anunciou o envio ao Congresso do projeto de Lei de Promoção de Investimentos do setor automotivo - EPA
Presidente argentino também anunciou o envio ao Congresso do projeto de Lei de Promoção de Investimentos do setor automotivo Imagem: EPA

Gabriel Bueno da Costa

São Paulo

09/03/2021 14h31

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, firmou nesta terça-feira decreto de isenção de alguns impostos sobre parte das exportações do setor automotivo do país, informa a agência oficial Télam. Além disso, anunciou o envio ao Congresso do projeto de Lei de Promoção de Investimentos desse setor.

Durante evento, Fernández destacou o papel importante do setor para a economia nacional e celebrou que haja uma "maior porcentagem de produção nacional" nessa indústria.

Ele comentou que é crucial para o país esse setor, também para evitar as importações e a consequente perda de divisas em moeda estrangeira, no momento em que as autoridades desejam "reconstruir as reservas".

A imprensa estatal aponta que o decreto traz um novo esquema para impostos sobre o setor neste ano, no qual as unidades exportadas para além do número de veículos vendidos ao exterior no ano passado não pagarão direitos de exportação.

UOL Economia+ fará evento para quem quer investir

Entre 23 e 25 de março, o UOL Economia+ e a casa de análises Levante Ideias de Investimento realizarão evento online gratuito. O economista Felipe Bevilacqua, analista certificado e gestor especialista da Levante, comandará três grandes aulas para explicar ao leitor do UOL como assumir as rédeas do próprio dinheiro.

O evento é gratuito para todos os leitores UOL. Garanta o seu lugar no evento aqui.

Ao clicar em “Enviar”, você concorda com a Política de Privacidade do Grupo UOL e aceita receber e-mails de produtos e serviços do Grupo UOL e demais empresas integrantes de seu grupo econômico. O Grupo UOL utiliza as informações fornecidas para entrar em contato ofertando produtos e serviços. Você pode deixar de receber essas comunicações quando quiser.

PUBLICIDADE