PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Tesouro divulga cronograma de leilões de títulos públicos do segundo trimestre

O Tesouro Nacional divulgou o cronograma dos leilões de títulos públicos do segundo trimestre de 2021 - Alan Marques/Folhapress
O Tesouro Nacional divulgou o cronograma dos leilões de títulos públicos do segundo trimestre de 2021 Imagem: Alan Marques/Folhapress

Denise Abarca

Em São Paulo

15/03/2021 07h23

O Tesouro Nacional divulgou o cronograma dos leilões de títulos públicos do segundo trimestre de 2021. Entre as mudanças em relação ao do primeiro trimestre, a instituição alterou o prazo das Letras do Tesouro Nacional (LTN) com vencimento curto, passando a ofertar papéis para 1/1/2022 e 1/7/2022 de forma alternada a cada semana, no lugar das LTN para 1/10/2021 e 1/4/2022 ofertadas no primeiro trimestre. Com relação aos prazos intermediários e longos, permanecem as ofertas semanais de títulos para 1/1/2023 e 1/7/2024.

Nas Notas do Tesouro Nacional - Série F (NTN-F), não houve alterações nos prazos. "As emissões de NTN-F, com prazos de referência de 6, 8 e 10 anos, permanecerão com datas de vencimentos em 01/01/2027, 01/01/2029 e 01/01/2031, respectivamente", afirma comunicado do Tesouro. Porém, agora, o papel de dez anos terá ofertas semanais e os de 6 e 8 anos serão ofertados alternadamente, sendo 6 anos em uma semana e 8 anos na semana seguinte.

Com relação às Notas do Tesouro Nacional - Série B (NTN-B), papéis com remuneração atrelada ao IPCA, também não houve mudanças, mantidas as referências nos seguintes prazos: 15/08/2024, 15/08/2026, 15/08/2028, 15/08/2030, 15/08/2040 e 15/05/2055. "As NTN-B permanecerão sendo ofertadas alternadamente, com as de 3, 7 e 20 anos em uma semana, e 5, 10 e 35 anos na semana seguinte", afirma o Tesouro.

Por fim, o Tesouro ajustou o prazo das Letras Financeiras do Tesouro (LFT) curtas a serem ofertadas no segundo trimestre. Em vez dos papéis para 1/3/2022 colocados nos primeiros três meses do ano, o vértice mais curto passará a ter vencimento em 01/09/2022. A mais longa segue sendo para 1/3/2027.

O calendário contempla apenas os leilões tradicionais, sem previsão de operações de troca. Os leilões do segundo trimestre têm início no dia 1º de abril (quinta-feira).