PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Pandemia traz prejuízos, mas indicadores se fortaleceram nos EUA, diz Fed em ata

Matheus Andrade, Francine de Lorenzo e André Marinho

São Paulo

19/05/2021 15h31

Dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) notaram que a pandemia de covid-19 segue provocando dificuldades econômicas e humanas nos Estados Unidos, segundo informa a ata da mais recente reunião de política monetária da entidade, divulgada nesta quarta-feira, 19.

Os membros do Comitê federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) afirmaram que indicadores de atividade e emprego demonstraram fortalecimento recente no país, seguindo o progresso na vacinação e o apoio fiscal.

Por outro lado, o desempenho dos setores mais afetados pela crise segue fraco.

Ainda assim, a economia americana avançou acentuadamente neste ano, em parte devido à acelerada vacinação nos EUA, diz o documento.

Na visão dos dirigentes, a aceleração da retomada ocorre graças à imunização da população, aliada aos estímulos fiscais adotados pelo governo americano e aos monetários.

No entanto, os níveis da atividade e de emprego ainda estão "muito longe" do objetivo da entidade monetária, afirma a ata.