PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Brasil está surpreendendo positivamente e acreditamos que continuará assim, diz Guedes

Ministro da Economia, Paulo Guedes - Edu Andrade/Ministério da Economia
Ministro da Economia, Paulo Guedes Imagem: Edu Andrade/Ministério da Economia

Idiana Tomazelli e Lorenna Rodrigues

Brasília

08/06/2021 16h07Atualizada em 08/06/2021 17h43

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje que o Brasil está surpreendendo positivamente em termos de retomada da economia e afirmou que o país está avançando na vacinação em massa da população.

Em evento promovido pelo Bradesco, Guedes disse que as expectativas do governo apontam que a população adulta poderá estar vacinada até setembro, e toda a população, até o fim do ano.

Nos últimos dias, governadores anunciaram calendários de vacinação para a população adulta. No Rio Grande do Sul, a previsão é dar a primeira dose em pessoas acima de 18 anos até setembro, e a segunda dose, até o fim do ano. Em São Paulo, a primeira dose deve ser ministrada até 31 de outubro. Outros estados também têm avançado na imunização.

Em termos de dados positivos, Guedes citou a geração de quase 1 milhão de postos formais de trabalho nos primeiros quatro meses do ano e a recuperação da atividade econômica.

"Após o overshooting do câmbio, provavelmente não vai subir tanto assim novamente", disse.

O ministro também ressaltou que a equipe econômica pretende avançar com as reformas no Congresso, entre elas a administrativa, que poderia, segundo o ministro, economizar R$ 400 bilhões em uma década.

Ele ainda destacou que o governo está "renovando as camadas de proteção social à população", embora não tenha dado detalhes. Mais cedo, Guedes afirmou que o governo deve prorrogar o auxílio emergencial a vulneráveis por "dois ou três meses" antes de lançar o novo Bolsa Família.