PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

EUA: dois funcionários do Fed reportam operações nos mercados em meio a estímulos

11/02/2022 16h37

Dois graduados funcionários do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) reportaram uma série de operações no mercado financeiro no início de 2020, no momento em que o banco central adotava medidas por um histórico esforço de estímulo, voltado a apoiar a economia dos Estados Unidos durante a pandemia da covid-19. Os economistas John Stevens e Diana Hancock, ambos atualmente diretores seniores associados na divisão de pesquisas e estatísticas do Fed, reportaram em documento oficial uma série de operações em fevereiro e março de 2020, segundo material revisado pelo Wall Street Journal.

As transações, de dois economistas com acesso às deliberações de política do Fed, foram feitas no momento em que o presidente do BC, Jerome Powell, sinalizava mudança na política, diante da piora nos riscos à economia por causa da covid-19.

Um porta-voz do Fed disse que as operações cumpriram tanto as regras do governo federal quanto as diretrizes internas do BC. Stevens disse, por meio de um porta-voz, que as transações citadas foram em grande medida vinculadas a uma herança de sua mulher e que ele não negociou diretamente. Hancock, por sua vez, disse que seu marido fez as operações citadas e que ela não tinha controle sobre elas. Fonte: Dow Jones Newswires.