PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Temer chama de 'desavisado' quem propõe mudanças na reforma trabalhista

Michel Temer participa do programa Roda Viva - Reprodução/TV Cultura
Michel Temer participa do programa Roda Viva Imagem: Reprodução/TV Cultura

Bruno Luiz

Salvador

06/04/2022 17h09Atualizada em 06/04/2022 17h28

O ex-presidente da República Michel Temer (MDB) chamou de "gente desavisada" aqueles que criticam a reforma trabalhista feita no seu governo por supostamente retirar direitos. Segundo o emedebista, as mudanças na legislação concederam novos benefícios ao trabalhador, ao prever situações como o teletrabalho e a terceirização.

"A modernização trabalhista não eliminou nenhum direito do trabalhador porque ela foi feita por lei ordinária. Nós mantemos os direitos e, inclusive, demos direitos importantes. Demos previsão do teletrabalho, trabalho intermitente, terceirização. De vez em quando, eu vejo gente desavisada dizendo que vai revogar reforma porque tirou direitos. Pelo contrário, revogando a reforma trabalhista que vai tirar direitos", criticou Temer durante painel Jornada CNA 2022, organizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Ao se referir aos "desavisados", Temer não citou diretamente o PT, mas o partido tem proposto mudanças na reforma caso volte à Presidência da República pelas mãos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em discursos e entrevistas recentes à imprensa, o petista tem dito que é preciso reunir sindicatos, empresários e o governo para estudar alterações que levem a uma legislação trabalhista adequada ao momento atual, mas que é preciso garantir direitos e seguridade social, citando o caso de motoristas de aplicativos.