IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Indústria de cartões no Brasil movimentou R$ 3,31 trihões em 2022, diz Abecs

São Paulo

16/02/2023 12h20

Em 2022, a indústria de cartões no Brasil movimentou R$ 3,31 trilhões, alta de 24,6% em relação a 2021, de acordo com o balanço estatístico da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). O crescimento foi maior que o inicialmente projetado pela entidade, de cerca de 21%.

A expansão foi puxada pela modalidade crédito, com R$ 2,1 trilhões em transações, volume 29,4% maior que o de 2021. O débito teve alta menor, de 7,4%, para R$ 992,4 bilhões, enquanto o cartão pré-pago teve um salto de 94,4%, para R$ 227,6 bilhões.

"Não temos dúvidas da maior penetração dos pagamentos eletrônicos no consumo das famílias", disse o presidente da Abecs, Rogério Panca, em coletiva de imprensa realizada para comentar os números.

De todo modo, houve uma desaceleração no final do ano: no quarto trimestre, foram R$ 894,1 bilhões em transações com cartões das três modalidades, alta de 12,1% ante o quarto trimestre de 2021.

Esse menor ímpeto já vinha sendo observado tanto nos balanços dos bancos emissores quanto no das empresas de maquininhas.