IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Bolsa Família de março será pago no mesmo dia às famílias atingidas pelas chuvas

Jefferson Rudy/Agência Senado
Imagem: Jefferson Rudy/Agência Senado

Amanda Pupo

Brasília, 20

20/02/2023 16h39Atualizada em 20/02/2023 17h04

O ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Wellington Dias, afirmou nesta segunda-feira, 20, que o pagamento do Bolsa Família no mês de março será unificado para todas as famílias beneficiárias que vivem nos municípios atingidos pelas chuvas no litoral de São Paulo.

De acordo com o ministro, o pagamento unificado será feito no dia 20. O governo de São Paulo decretou estado de calamidade pública, por 180 dias, para ações emergenciais em seis municípios: Bertioga, Caraguatatuba, Guarujá, Ilha Bela, São Sebastião e Ubatuba.

Dias afirmou também ter acertado o envio de uma aeronave da capital de São Paulo para São Sebastião e região, com itens como alimentos e colchões.

"Acertei agora com o Brigadeiro Heraldo para viabilizar aeronave para o transporte, da capital São Paulo para São Sebastião e região, de alimentos, colchões, lençóis, fraldas e água potável, adquiridos em parceria entre o MDS e a Central Única das Favelas (Cufa)", disse o ministro.

Segundo o governo, o Executivo garante repasse de recurso mensal, por solicitação do município, no valor de R$ 20 mil mensais para cada grupo de 50 pessoas desalojadas/desabrigadas que demandam alojamentos provisórios.

A Coordenação-Geral de Proteção Social Especial de Alta Complexidade já estava em articulação com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, entre 13 e 17 de fevereiro, quando foram enviados para todos os municípios do estado as orientações técnicas, o modelo de requerimento e a legislação referentes à solicitação do cofinanciamento federal para a execução do Serviço de Proteção em Situações de Calamidades Públicas e Emergências.