IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

Haddad sobre tentativa de tirar Campos Neto: não é assunto do ministério da Fazenda

Fernando Haddad e Roberto Campos Neto - Agência Brasil
Fernando Haddad e Roberto Campos Neto Imagem: Agência Brasil

Giordanna Neves e Marianna Gualter

Em São Paulo

03/04/2023 16h00Atualizada em 03/04/2023 17h38

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta segunda-feira, 3, que as tentativas de tirar o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, por meio de um processo no Senado não são assunto da pasta econômica.

"Tenho que trabalhar com a minha realidade. Minha realidade é a seguinte: tem um Banco Central independente que não fui eu que criei. Ele tem mandato até o ano que vem e eu vou respeitar", disse o ministro em entrevista à GloboNews, ao completar que quer ouvir os "contra argumentos" de Campos Neto sobre a política monetária vigente no País.

Ele afirmou que o encontro marcado para hoje com o presidente do BC é dever de ofício. "A gente tem que se reunir a cada ciclo de decisões para sintonizar", disse o ministro, ao reforçar que a reunião serve como uma troca de ideias sobre percepções, já que cada um sabe das suas obrigações institucionais.

Haddad reforçou que, no campo pessoal, não há problema com Campos Neto, mas ponderou que existem apenas visões distintas sobre a realidade econômica, o que cria um debate plural.