IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Com impacto da gasolina, gasto com transporte sobe 2,11% no IPCA de março

Rio

11/04/2023 10h45

Os preços de Transportes subiram 2,11% em março, após alta de 0,37% em fevereiro. Os dados são do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado nesta terça-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O grupo deu uma contribuição positiva de 0,43 ponto porcentual para o IPCA, que subiu 0,71% no mês.

A gasolina aumentou 8,33%, subitem com maior impacto individual no índice do mês, 0,39 ponto porcentual. O etanol subiu 3,20%. Já o gás veicular recuou 2,61%, e óleo diesel diminuiu 3,71%.

As passagens aéreas passaram de uma queda de 9,38% em fevereiro para recuo de 5,32% em março.

As tarifas de táxi subiram 0,52%, devido a reajuste de 11,54% em Belo Horizonte a partir do dia 13 de fevereiro. Também houve aumentos no ônibus intermunicipal (0,90%), devido a elevação na região metropolitana do Rio de Janeiro a partir de 18 de fevereiro.

As tarifas de ônibus urbano avançaram 0,84%, com reajustes em quatro áreas: Curitiba, Fortaleza, Campo Grande e São Luís.

O trem aumentou 6,35%, refletindo um reajuste na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, onde as tarifas para a população em geral foram elevadas em 48% a partir de 9 de fevereiro.

O pedágio subiu 0,24%, em consequência de reajustes em praças de pedágio em Porto Alegre e Curitiba.