IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Metas de resultado primário são ousadas, mas governo vai atingi-las, diz secretário do Tesouro

Brasília

19/04/2023 11h27

O secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron, disse nesta quarta-feira, 19, que as metas de resultado primário buscadas pelo governo até 2026 seriam suficientes para "resolver o problema fiscal" do país.

"Se conseguirmos cumprir fiscal até 2026, recuperamos o grau de investimento. Temos metas ousadas, mas vamos atingi-las", afirmou o secretário, em entrevista à GloboNews.

Ceron avaliou que o arcabouço fiscal apresentado ontem endereça o problema fiscal do Brasil no médio e longo prazo, garantindo que não haja uma trajetória explosiva para a dívida pública.

"O que se discute é a intensidade do ajuste, e não o arcabouço em si. Buscamos um equilíbrio para que a regra permaneça pelos próximos 15 ou 20 anos sem quem ninguém seja tentado a quebrá-la", acrescentou o secretário.