IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Preços das carnes acumulam queda de 3,08% no ano, mostra IBGE com base no IPCA-15

Rio

26/04/2023 11h11

A queda nos preços das carnes voltou a ajudar a desacelerar o ritmo de aumento dos gastos das famílias brasileiras com alimentação na passagem de março para abril. Os preços das carnes já acumulam uma queda de 3,08% de janeiro a abril deste ano. O grupo Alimentação e Bebidas passou de uma alta de 0,20%, em março, para uma elevação de 0,04% em abril, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15).

O indicador foi divulgado nesta quarta-feira, 26, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O grupo Alimentação e Bebidas deu uma contribuição de apenas 0,01 ponto porcentual para a taxa de 0,57% do IPCA-15 deste mês.

A alimentação no domicílio ficou 0,15% mais barata em abril. As carnes recuaram 1,34%, mas também houve quedas importantes na batata-inglesa (-7,31%), cebola (-5,64%) e óleo de soja (-4,75%).

O frango inteiro caiu 1,37%, e o frango em pedaços ficou 0,69% mais barato. Por outro lado, o ovo de galinha ficou 4,36% mais caro em abril, acumulando um aumento de 13,01% no ano.

A alimentação fora do domicílio subiu 0,55% em abril. O lanche aumentou 0,82%, e a refeição fora de casa teve elevação de 0,52%.