IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Presidente do Fed descarta corte de juros em cenário de persistência da inflação nos EUA

São Paulo

03/05/2023 17h17

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, afirmou nesta quarta-feira, 3, que cortes de juros "não serão apropriados" se as projeções atuais de desaceleração gradual dos preços se confirmarem.

Durante coletiva de imprensa após decisão, o dirigente destacou que a inflação de serviços nos Estados Unidos ainda está arrefecendo de forma lenta e que, para que haja uma redução mais significativa, será necessário uma queda da demanda agregada.

Powell acrescentou que o mercado de trabalho norte-americano permanece "extraordinariamente apertado", embora avalie que a elevação dos salários não é o principal responsável pela escalada inflacionária.

O presidente do Federal Reserve informou que dirigentes discutiram a possibilidade de pausa no processo de aperto monetário, mas não para a decisão desta quarta-feira. "Havia apoio muito forte à alta de 25 pontos-base hoje", disse ele, durante coletiva de imprensa.

Powell acrescentou que o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) considera que pode estar perto ou mesmo já no fim do ciclo de elevação da taxa básica.

O dirigente evitou responder se os critérios para um novo aperto em junho ficaram mais rígidos por conta das turbulências no sistema bancário.