IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Prejuízo líquido ajustado da Embraer sobe para R$ 466,9 milhões no 1º trimestre

São Paulo

04/05/2023 08h00

A Embraer reportou prejuízo líquido ajustado de R$ 466,9 milhões no primeiro trimestre de 2023, ante perdas de R$ 412,3 milhões no mesmo período do ano passado. Assim, houve alta de 13,2% no prejuízo da empresa no período.

De janeiro a março, o prejuízo líquido atribuído a acionistas da Embraer foi de R$ 368,3 milhões, alta ante as perdas de R$ 170,7 milhões do mesmo período de 2022. O prejuízo, assim, expandiu 115%, informou a companhia no balanço financeiro divulgado nesta quinta-feira.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Embraer ficou negativo em R$ 52,9 milhões no primeiro trimestre, representando alta ante a perda de R$ 1,1 milhão de janeiro a março do ano passado. Com isso, a margem Ebitda ficou negativa em 1,4% no período, ante resultado estável (0,0%) um ano antes.

Já o Ebitda ajustado da Embraer foi de R$ 53,9 milhões no trimestre, crescendo em relação aos R$ 45,4 milhões no mesmo período de 2022, o que representou alta de 18,72%.

A empresa teve receita líquida de R$ 3,726 bilhões no período de janeiro a março de 2023, expandindo ante os R$ 3,076 bilhões do primeiro trimestre do ano passado. Esse crescimento, de 21%, veio em linha com o projetado pela companhia, de acordo com comentário divulgado no release de resultados. O resultado foi decorrente do melhor mix de entregas na aviação comercial, forte crescimento na defesa e serviços, afirma.