Produção industrial opera acima do nível pré-pandemia em 5 de 15 locais em junho, diz IBGE

A produção industrial operava em junho de 2023 em nível superior ao de fevereiro de 2020, no pré-pandemia de covid-19, em apenas cinco dos 15 locais pesquisados, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os parques industriais que superaram o pré-covid foram Mato Grosso (23,8% acima do pré-pandemia), Minas Gerais (7,9% acima), Amazonas (6,9% acima), Rio de Janeiro (5,4%) e Santa Catarina (1,0%).

Em São Paulo, maior parque industrial do País, a produção estava 2,6% abaixo do pré-pandemia.

Na média nacional, a indústria brasileira operava em patamar 1,4% abaixo do pré-crise sanitária.

Além São Paulo, os demais nove locais com nível de produção aquém do pré-covid foram Pernambuco (-0,4%), Goiás (-0,6%), Rio Grande do Sul (-0,9%), Paraná (-1,3%), Espírito Santo (-6,4%), Pará (-13,2%), Nordeste (-18,3%), Ceará (-20,3%) e Bahia (-20,8%).

"No mês de maio foram sete locais com resultado acima (do pré-pandemia)", lembrou Bernardo Almeida, analista da pesquisa do IBGE.