Fluxo cambial total no ano até 4 de agosto é positivo em US$ 19,065 bi, mostra BC

O Brasil registrou fluxo cambial positivo de US$ 19,065 bilhões neste ano, até 4 de agosto, informou o Banco Central nesta quarta-feira, 9. No mesmo período do ano passado, havia entrada líquida de US$ 14,925 bilhões. Em 2022, o saldo total foi negativo em US$ 3,233 bilhões.

No acumulado do ano até 4 de agosto, o canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 17,430 bilhões. Isso é o resultado de aportes no valor de US$ 350,982 bilhões e retiradas no total de US$ 368,412 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo em 2023 até a semana passada é positivo em US$ 36,496 bilhões, com importações de US$ 136,298 bilhões e exportações de US$ 172,794 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 21,308 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 38,503 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 112,983 bilhões em outras entradas.

Julho

O Brasil registrou fluxo cambial positivo de US$ 2,449 bilhões em julho, segundo dados preliminares divulgados nesta quarta-feira pelo Banco Central. Em junho, houve entrada líquida de US$ 2,857 bilhões.

Com a entrada em vigor da nova lei cambial, operações menores têm até o dia 5 do mês subsequente para serem informadas ao BC e, por isso, a estatística mensal final do fluxo cambial é publicada na terceira semana do mês seguinte.

Em julho, o canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 2,177 bilhões. Isso é o resultado de aportes no valor de US$ 48,215 bilhões e retiradas no total de US$ 50,392 bilhões.

No comércio exterior, o saldo parcial foi positivo em US$ 4,626 bilhões, com importações de US$ 18,322 bilhões e exportações de US$ 22,949 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 2,414 bilhões em ACC, US$ 4,286 bilhões em Pagamento Antecipado e US$ 16,248 bilhões em outras entradas.

Agosto

Segundo o BC, o Brasil registrou fluxo cambial positivo de US$ 1,600 bilhão em agosto, até o dia 4.

Na primeira semana do mês, o canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 1,223 bilhão. Isso é o resultado de aportes no valor de US$ 8,045 bilhões e retiradas no total de US$ 9,267 bilhões.

No comércio exterior, o saldo dos quatro primeiros dias de agosto foi positivo em US$ 2,823 bilhões, com importações de US$ 2,375 bilhões e exportações de US$ 5,198 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 746 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio, US$ 735 milhões em Pagamento Antecipado e US$ 3,717 bilhões em outras entradas.

Considerando a semana passada inteira, de 31 de julho a 4 de agosto, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 1,923 bilhão, sendo saídas líquidas de US$ 1,259 bilhão no canal financeiro e saldo positivo de US$ 3,182 bilhões no comércio exterior.