Even: lucro líquido cai 3,5% no 2º trimestre, para R$ 56,06 milhões

O lucro líquido da incorporadora Even caiu 3,5% na comparação entre o segundo trimestre de 2023 ante o mesmo intervalo de 2022, para R$ 56,06 milhões, de acordo com balanço publicado nesta quinta-feira, 9.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) aumentou 7,8% nessa mesma base de comparação anual, para R$ 81,78 milhões. A margem Ebitda caiu 0,5%, chegando a 10,8%. A receita líquida avançou 12,8% no período, na comparação anualizada, para R$ 758,7 milhões.

A empresa destaca, no resultado financeiro, ter encerrado o trimestre com uma posição de caixa de R$ 962 milhões, caixa líquido sobre o patrimônio de 1% e consumo de caixa operacional de R$ 92 milhões. "Em São Paulo, as vendas líquidas totalizaram R$ 541 milhões na participação Even, sendo R$ 343 milhões de vendas de lançamentos e R$ 198 milhões de vendas de estoque, representando VSO de 21% no trimestre", afirma.

A Even divulgou margem bruta ajustada de 23,5%, o que significa baixa de 1,5 ponto porcentual na mesma base de comparação anual. O resultado financeiro (saldo entre receitas e despesas financeiras) ficou positivo em R$ 24 milhões.

As despesas comerciais, gerais e administrativas totalizaram R$ 99 milhões. Em termos de porcentual da receita líquida, as despesas representaram 13,1% neste trimestre ante 14% um ano antes.

"Lançamos no trimestre três empreendimentos em São Paulo, totalizando um VGV de R$ 887 milhões (R$ 774 milhões a fatia da Even). As vendas líquidas do trimestre totalizaram R$ 696 milhões (R$ 591 milhões da Even), representando VSO de lançamento de 44% e total de 19%. Das vendas líquidas do trimestre, 92% foram no segmento de médio, médio-alto, alto e luxo", afirma a Even, nos comentários da administração.

A empresa também destaca a compra de dois terrenos em São Paulo, nos bairros Vila Madalena e Jardins, que representam VGV de R$ 782 milhões (R$ 645 milhões da Even), além de seis terrenos/fases no Rio Grande do Sul, representando VGV de R$ 467 milhões (R$ 124 milhões da Even).