Rui Costa: Não necessariamente haverá placa física solar no condomínio do MCMV

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, afirmou que a determinação de geração de energia solar em unidades do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), não obriga, necessariamente, a placa solar física nos condomínios, o que abre espaço para uma geração afastada, mas em outro local. "O objetivo é que a redução na conta de energia chegue ao consumidor", afirmou, em coletiva de lançamento do novo PAC.

No mesmo evento, o ministro das Cidades, Jader Filho, disse que conduz discussões com o Ministério de Minas e Energia (MME) em um grupo de trabalho para formatar a inclusão da fonte renovável nas novas unidades do MCMV. Segundo Filho, trata-se de uma demanda pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Jader Filho destacou, ainda, que contemplar periferias urbanas é uma prioridade do PAC e da pasta que comanda, o que será endereçado no programa "Caravanas da Periferia", cuja função é escutar as necessidades de comunidades carentes.