Conteúdo publicado há 9 meses

Previsão de alta da inflação para 2024 cai para 3,86% no Focus do BC

A expectativa inflacionária para 2024 cedeu marginalmente no Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, 14, pelo Banco Central. A projeção para o IPCA - índice de inflação oficial - para o ano que vem, foco principal da política monetária, baixou de 3,88% para 3,86%. Já a estimativa para a inflação oficial em 2023 continuou em 4,84%. Um mês antes, as medianas eram de 4,95% e 3,92%, nessa ordem.

Considerando somente as 78 estimativas atualizadas nos últimos cinco dias úteis, a mediana para 2023 variou de 4,78% para 4,79%. Para 2024, por sua vez, a projeção de alta seguiu em 3,87%, considerando também 78 atualizações no período.

Houve manutenção na expectativa de inflação para 2025, que agora tem peso minoritário nas decisões do Comitê de Política Monetária (Copom). A projeção permaneceu em 3,50%, contra 3,55% de quatro semanas antes. No horizonte mais longo, de 2026, a estimativa também continuou em 3,50%, repetindo a mediana de um mês antes.

As estimativas do Boletim Focus continuam acima da meta. Para 2023, a mediana supera o teto da meta (4,75%) e indica estouro do objetivo a ser perseguido pelo BC pelo terceiro ano consecutivo, depois de 2021 e 2022. Nos outros anos, as expectativas estão dentro do intervalo, mas superam o alvo central de 3,0%.

No Comitê de Política Monetária (Copom) deste mês, o BC divulgou projeção de 3,4% para o IPCA de 2024, a mesma da reunião anterior. Para 2025, ficou em 3,0% no modelo, que considerava um primeiro corte de 0,25pp, de 3,1% em junho. Para 2023, a projeção é de 4,9%.

Deixe seu comentário

Só para assinantes