Projeção para Selic no fim de 2023 segue em 11,75% ao ano no Focus; para 2024, continua em 9%

A expectativa para taxa Selic no fim de 2023 no Boletim Focus seguiu a sinalização reforçada na ata do Comitê de Política Monetária (Copom) de que pretende repetir o passo de corte de juro em 0,50 ponto porcentual nas próximas reuniões do colegiado.

A mediana para a Selic no encerramento deste ano continuou em 11,75%, conforme boletim divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central. Para o término de 2024, houve manutenção em 9,00%. Há um mês, as estimativas eram de 12,00% e 9,50%, nessa ordem.

Considerando apenas as 83 respostas dos últimos cinco dias úteis, a mediana para o fim de 2023 permaneceu em 11,75%. Para o fim de 2024, continuou em 9,00%, também com 83 atualizações na última semana.

No início do mês, o Copom optou por iniciar o ciclo de afrouxamento monetário com uma queda de 0,50pp dos juros básicos, o que surpreendeu parte do mercado, que apostava majoritariamente em uma queda mais "parcimoniosa", de 0,25pp.

Na ata, o Banco Central reforçou que pretende seguir nesse ritmo nas próximas reuniões e acrescentou que é pouco provável uma aceleração do passo. Além disso, disse que o comitê concluiu que há necessidade de manter a política monetária ainda contracionista pelo horizonte relevante "para que se consolide a convergência da inflação para a meta e a ancoragem das expectativas".

O Boletim Focus ainda mostrou que a projeção para a Selic no fim de 2025 continuou em 8,50%, de 9,00% quatro semanas atrás. Já a projeção para a Selic no fim de 2026 permaneceu em 8,50%, contra 8,75% de um mês antes.