Conteúdo publicado há 9 meses

Rui Costa nega conflito com Câmara e evita comentar falas de Haddad contra o Legislativo

Enquanto o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, decidiu deixar clara sua insatisfação com a Câmara Federal, o seu colega Rui Costa, comandante da Casa Civil, evitou estender o conflito.

Em entrevista à GloboNews, Costa se esquivou das perguntas envolvendo as falas de Haddad ditas hoje, e garantiu que a relação com a Câmara está melhorando, dizendo que se reuniu nesta manhã com Lira para discutir temas como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Em seu disparo contra o Legislativo, Haddad afirmou que a Câmara está com um poder muito grande "e não pode usar esse poder para humilhar o Senado e o Executivo". O ministro da Fazendo chegou a dizer que atualmente o Brasil vive um parlamentarismo sem primeiro-ministro.

"Não vi a entrevista", disse Costa, dizendo não ter informação do que teria motivado Haddad a mirar contra o legislativo. "Hoje, pela manhã, inclusive, eu estava com o presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) conversando sobre o PAC", disse. "Eu diria que estamos cada vez mais aprimorando esse dialogo", complementou.

Desde o inicio do governo Lula, o governo tem mostrado dificuldades em avançar suas pautas sem o apoio do Centrão, comando por Lira. Esse cenário aumentou o apetite do grupo por cargos, levando a uma reforma ministerial, que esta na mesa de Lula, que deverá decidir em breve, segundo Costa, que pastas devem ser dadas para representantes das siglas de centro, para que o governo possa garantir governabilidade.

Deixe seu comentário

Só para assinantes