Ainda que tenha passado pela Câmara, debate da reforma tributária ainda não acabou, diz Castro

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou nesta segunda-feira, 21, que o debate em torno da reforma tributária ainda não acabou, ainda que o texto já tenha sido aprovado na Câmara de Deputados. Castro defendeu que as discussões sejam aprofundadas no Senado, para que a bancada possa sugerir emendas adequadas.

"É obvio que tem discordâncias", reconheceu Castro durante o evento "Reflexões sobre a Reforma Tributária", na sede da Fundação Getulio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro.

O governador fluminense listou preocupações com a alíquota do novo imposto, a distribuição dos recursos arrecadados e o fundo compensatório.

"Ainda que tenha passado pela Câmara, esse debate ainda não acabou. É muito importante aprofundar", disse ele.

Castro voltou a se queixar das dívidas de Estados com a União, que estariam impedindo o crescimento e desenvolvimento estadual. No entanto, o governador defendeu a necessidade de conciliação de todos interesses envolvidos. "Temos que olhar pra frente. Se ninguém abrir mão de nada, nós não vamos chegar a uma lei justa", discursou.