Padilha diz que meta do governo é promulgar tributária até fim do ano

O ministro da Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse nesta quinta-feira, 24, após reunião com senadores, que o Senado reafirmou a intenção de aprovar a reforma tributária até agosto. Segundo o ministro, o cronograma segue a meta do governo de ter a reforma inteiramente promulgada até o fim deste ano.

Como o Senado já deixou claro que fará mudanças no texto aprovado na Câmara, o Palácio do Planalto já conta com o retorno da PEC para uma nova análise dos deputados.

Essa votação na Câmara teria de ser realizada nos últimos meses de 2023 para que a reforma seja promulgada ainda neste ano.

"Foi reafirmado o compromisso do Senado em concluir a tributária até outubro, o que permite a meta de concluir até o final do ano a reforma tributária", disse o ministro após a reunião desta quinta.

O cronograma inicial do relator da reforma tributária, Eduardo Braga (MDB-AM), previa a votação de seu parecer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na primeira semana de outubro.

O próprio relator já admite que a votação ocorra somente em meados de outubro, mas insiste que o texto seja analisado no plenário no mesmo mês.