Secretario da Fazenda diz que CMN autorizará emissão de títulos soberanos sustentáveis hoje

O secretário executivo do Ministério da Fazenda, Dario Durigan, antecipou, durante reunião de lançamento do Comitê Gestor do Fundo Clima, que o Conselho Monetário Nacional (CMN) vai aprovar nesta quinta-feira, 24, a emissão dos títulos soberanos sustentáveis. Segundo Durigan, na quarta, 23, já houve conversas com o Banco Central e o Ministério do Planejamento, que compõem o CMN, para alinhar a aprovação do tema.

A expectativa do Ministério da Fazenda é de que a primeira emissão de títulos sustentáveis no Brasil ocorra entre setembro e novembro.

Além disso, ainda nesta quinta, haverá outra reunião interministerial para dar aval à operação.

"O mundo aguarda que façamos essa emissão de matéria inédita. No fim do dia de hoje, temos todas as condições de dar esse próximo passo", disse Durigan, classificando o dia como "muito especial".

Segundo ele, a expectativa do Tesouro Nacional é de que essa primeira emissão gere uma arrecadação de US$ 2 bilhões, que ajudaria a financiar também o Plano de Transição Ecológica a ser anunciado pelo governo. "A equipe do ministério vai a Nova York e a Londres. Vamos fazer um roadshow apresentando o que são títulos."

No CMN, também serão disciplinadas as condições financeiras para as operações do Fundo Clima. "Passa a ter condição de operacionalizar essa política."