Reunião abre portas para diálogo franco sobre tributária sonhada há muito tempo, diz Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou que a sessão desta terça-feira, 29, para ouvir os governadores sobre a reforma tributária abre "as portas para o diálogo franco" sobre o tema. Em discurso durante a abertura dos trabalhos, Pacheco disse que as mudanças no sistema de tributação são sonhadas "há muito tempo" e frisou que o debate sobre a proposta não será feito de "modo açodado".

"Vamos esgotar a possibilidade de discussão que nos cabe nessa Casa. Usaremos todo o mês de setembro para realizar diversas audiências públicas, quando teremos oportunidade de ouvir vários setores da sociedade", destacou o presidente do Senado.

Ele voltou a dizer que é preciso ceder para que a reforma seja aprovada no Congresso. "União, Estados, municípios, grandes e pequenos, o setor de serviços, do agro, da indústria, o comércio, os profissionais liberais, as profissões regulamentados precisam estar munidos do sentimento de que é preciso ceder um pouco."