Juros pagos em hipotecas sobem em julho no Reino Unido, e crédito ao consumidor cai, afirma BoE

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) informa que os juros efetivamente pagos em hipotecas no Reino Unido avançaram de 4,63% em junho a 4,66% em julho. Além disso, os empréstimos líquidos em crédito ao consumidor por indivíduos recuaram de 1,6 bilhão de libras em junho a 1,2 bilhão de libras em julho, mostrou levantamento mensal da instituição, divulgado nesta quarta-feira, 30.

Segundo o BoE, o montante de empréstimos líquidos de dívida para financiamentos imobiliários por pessoas físicas teve o terceiro avanço consecutivo, ficando em 200 milhões de libras em julho (de 100 milhões de libras no mês anterior). Já o número líquido de hipotecas aprovadas teve baixa, de 54.600 em junho a 49.400 em julho.