Aneel propõe reajuste médio de 16,18% para tarifas da Energisa Rondônia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs nesta terça-feira, 5, um reajuste médio de 16,18% para as tarifas da Energisa Rondônia. A proposta será submetida à consulta pública entre 6 de setembro a 20 de outubro.

Os efeitos devem ser diferentes para cada grupo de consumidores. Para os atendidos em alta tensão, como as indústrias, o reajuste médio proposto é de 19,64%.

Já para os conectados em baixa tensão, grupo que inclui os residenciais, é de, em média, 15,23%.

Os porcentuais ainda podem ser alterados após a agência analisar as contribuições da consulta pública. Também está prevista uma audiência pública em 11 de outubro, em Porto Velho (RO). A previsão é que os novos valores passem a vigorar a partir de 13 de dezembro.

Os reajustes tarifários compõem a proposta de revisão tarifária da distribuidora. Além de atualizar os valores pagos pelos consumidores, outros parâmetros são estabelecidos pela Aneel nesse tipo de processo tarifário.