Conteúdo publicado há 9 meses

Morre Germano Gerdau, empresário e acionista do grupo siderúrgico Gerdau

Empresário e um dos acionistas do grupo que leva o nome de sua família Germano Gerdau Johannpeter, 91, faleceu ontem, 8, no Rio de Janeiro. De acordo com comunicado, Germano morreu por causas naturais. O empresário deixa duas filhas, Fernanda e Germana, além de seis netos.

Junto com seus irmãos Jorge, Klaus e Frederico, Germano formou a quarta geração que comandou o grupo siderúrgico Gerdau. "Juntamente com seus irmãos [...] fez parte da geração que transformou, não apenas a Gerdau, mas a indústria brasileira do aço, construindo a centenária multinacional brasileira que hoje atua em nove países", diz nota.

O comunicado lembra que o empresário tinha senso de humor e inteligência marcantes, assim como era um exímio contador de histórias, muitas delas registradas no seu livro Memórias de Aço. Sua atitude sempre otimista, ressalta a nota, foi fundamental para superar as dificuldades que se apresentaram ao longo da história e crescimento da Gerdau.

"Os irmãos Klaus, Jorge e Frederico reconhecem e agradecem imensamente a capacidade do Germano de conduzir de forma harmônica a relação entre os familiares. Ele foi decisivo no sucesso da companhia por essa capacidade conciliadora, além de ter sido líder absoluto e incondicional na área comercial da empresa", conclui a nota.

O grupo Gerdau é comandado desde 2018 por um profissional fora da família, e está na quinta geração.

Deixe seu comentário

Só para assinantes