Haddad sobre FDR: 'Vamos ampliar um pouco num patamar suficiente para atender ao pleito'

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta segunda-feira, 23, que a equipe econômica está formulando uma proposta para ampliar o tamanho do Fundo de Desenvolvimento Regional (FDR) previsto na proposta da reforma tributária. Haddad, contudo, não quis antecipar um número.

Ele se limitou a avaliar que a ampliação deverá ser suficiente para "atender ao pleito", e que uma primeira sinalização será levada agora ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), com quem o chefe da equipe econômica se encontra agora para uma reunião.

"Não vou me antecipar, mas eles estão formulando, vou levar ao presidente Rodrigo uma primeira sinalização. Vamos ampliar um pouco acho que num patamar suficiente para atender ao pleito", disse Haddad, segundo quem o relator da reforma, senador Eduardo Braga (MDB-AM), pediu essa "consideração" da Fazenda. "O importante é votar a reforma", concluiu.

Haddad disse ainda que vai tratar de mais outras votações com Pacheco, além de tentar acordar um calendário para as deliberações. "Muita coisa pra votar, e gente quer estabelecer um calendário para dar tempo de votar tudo", comentou.