Haddad: Acredito que BC vai manter passo na direção correta

Pouco antes de o Banco Central divulgar sua decisão sobre o patamar da taxa Selic, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse acreditar que a autoridade monetária vai manter o ciclo de cortes e o "passo na direção correta". Atualmente, a taxa está em 12,75% e, no mercado, a expectativa é de que o BC faça mais um corte de 0,50 ponto nesta quarta-feira, 01. Para Haddad, os juros ainda estão "muito altos", o que daria espaço para o Banco Central continuar com a dinâmica atual.

"Acredito que vai manter o ciclo de cortes, Selic está muito alta ainda, nós devemos ter ainda duas reuniões esse ano, essa e a próxima, mas acredito que o Banco Central vai manter o passo na direção correta de tornar o juros no Brasil.. No Brasil, o juro talvez seja o primeiro ou segundo mais alto do mundo em termos reais. Então temos espaço", respondeu Haddad a jornalistas.

Questionado sobre qual seria a meta da Selic para o fim do ano, o ministro se limitou a dizer que essa definição é tarefa do BC. "A meta é acabar o ano em qual patamar? Isso quem diz é o BC. O que você me perguntou é o que eu acredito que ele irá fazer, e eu acredito que ele manterá o passo", concluiu.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes