Noruega: BC mantém taxa básica de juros em 4,25%, em decisão unânime

O Banco Central da Noruega decidiu hoje, por unanimidade, manter sua taxa básica de juros em 4,25%. Em comunicado, o Norges Bank diz que o mercado de trabalho ainda está apertado, mas as pressões sobre a economia do país diminuem. O índice de preços ao consumidor tem caído, "mas a inflação subjacente está elevada", aponta.

O BC norueguês ressalta que a inflação elevada "impõe um custo elevado à sociedade", e nota a importância de contê-la. Ao mesmo tempo, afirma que não quer elevar a taxa básica mais que o necessário, com a meta de "levar a inflação à meta dentro de um horizonte razoável".

A política monetária provoca agora aperto sobre a economia, e o efeito completo das altas já adotadas ainda serão sentidos, diz. Na avaliação dos dirigentes, a taxa "deve estar próxima do nível necessário para combater a inflação", o que dá a eles "um pouco mais de tempo para avaliar se há necessidade de subir mais os juros".

Ao mesmo tempo, o BC adianta que a política monetária apertada "deve ser mantida por algum tempo", para garantir que a inflação retorne à meta. Desde o relatório de política monetária de setembro, a inflação caiu mais que o esperado. Por outro lado a desvalorização da coroa norueguesa pode contribuir para sustentar a inflação, considera o BC.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes