Ciclo de alta de juros do Fed desta vez chegou ao final, avalia Rodrigo Azevedo, da Ibiúna

O sócio e gestor da estratégia macro da Ibiúna Investimentos, Rodrigo Azevedo, disse nesta segunda-feira, 6, que o período de alta dos juros nos Estados Unidos possivelmente acabou, apesar de o mercado ter errado duas vezes no último ano as apostas de fim do ciclo de aperto monetário no país.

Durante o Macro Day, evento do BTG Pactual, Azevedo avaliou que dados do mercado de trabalho divulgados na semana passada abaixo das expectativas reforçam os sinais de que a economia americana finalmente começa a sentir impactos dos juros mais altos.

"Acho que desta vez chegou ao final. Se tiver chegado, a perspectiva para os próximos 12 meses é positiva. Estamos cautelosamente animados", afirmou Azevedo ao falar das perspectivas para ativos de risco.

Ele observou que as alocações em bolsa, mercados emergentes e títulos de dívida com prazo mais longo tendem a se beneficiar com a estabilização dos juros nos Estados Unidos. Segundo o gestor, embora a volatilidade da bolsa nos Estados Unidos esteja relativamente contida, o mercado de juros, que é fundamental na precificação de ativos no mundo inteiro, tem oscilado bastante, o que eleva o risco.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes