Investimento Direto no País (IDP) soma US$ 3,752 bilhões em setembro, diz BC

Os Investimentos Diretos no País (IDP) decepcionaram novamente e somaram US$ 3,752 bilhões em setembro, informou nesta segunda-feira, 6, o Banco Central. No mesmo mês do ano passado, o montante havia sido de US$ 9,628 bilhões. Em agosto, entraram no País US$ 4,270 bilhões em IDP.

O resultado ficou abaixo do piso das estimativas apuradas pelo Projeções Broadcast, que iam de US$ 3,90 bilhões a US$ 6,80 bilhões. A mediana era de US$ 4,750 bilhões.

No ano até setembro, o fluxo de IDP ficou em US$ 41,631 bilhões. Em 12 meses, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 60,042 bilhões, o que representa 2,89% do Produto Interno Bruto (PIB).

A estimativa do BC para este ano é de IDP de US$ 65 bilhões, projeção que foi atualizada no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de setembro.

Remessa de lucros e dividendos

A rubrica de lucros e dividendos do balanço de pagamentos apresentou saldo negativo de US$ 3,369 bilhões em setembro, informou o Banco Central.

A saída líquida é inferior aos US$ 5,064 bilhões que deixaram o Brasil em igual mês de 2022, já descontadas as entradas. O BC informou também que as despesas com juros externos somaram US$ 2,128 bilhões em setembro, ante US$ 1,240 bilhão em igual mês do ano passado.

No ano até setembro, o saldo de lucros e dividendos é negativo em US$ 33,639 bilhões e o gasto com juros é de US$ 20,205 bilhões.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes