Na China, PBoC diz que manterá reformas de juros conforme o mercado

O Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) divulgou nesta segunda-feira, 6, um artigo indicando que continuará aprofundando reformas nas taxas de juros monetárias, conforme práticas do mercado, segundo a Xinhua. O artigo destaca a intenção de melhorar a efetividade das taxas de referência de longo prazo (LPR, na sigla em inglês), consolidação e redução nos custos de crédito empresariais e domésticos, além de outras medidas concentradas no setor imobiliário.

Entre elas, o PBoC afirma que promoverá um "ciclo virtuoso" de finança e mercado imobiliário, melhorando diferentes políticas de crédito para moradias e permitindo "amplamente" a atuação do mecanismo de ajuste dinâmico para taxas de juros em empréstimos para a aquisição do primeiro imóvel. "Vamos continuar expandindo o espaço para a precificação independente de hipotecas de maneira ordenada, e orientar governos municipais sobre como fazer bom uso de políticas locais específicas", prometeu o BC chinês.

O artigo também ressalta que as reformas monetárias têm o objetivo de apoiar o desenvolvimento da economia real, ordenar a competitividade no mercado de juros e melhorar a demanda por moradias. Os esforços vêm em um momento em que turbulências no setor imobiliário ameaçam a recuperação econômica da China.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes