Diretora do Fed diz estar disposta a apoiar nova alta de juros, se melhora em preços parar

Diretora do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Michelle Bowman disse nesta terça-feira, 7, ter apoiado à decisão de manter juros estáveis na semana passada, mas indicou estar disposta a apoiar um novo aumento à frente, sobretudo se os progressos em direção à estabilidade de preços travarem. "Retornar a inflação para o objetivo do Fomc [Comitê Federal de Mercado Aberto, na sigla em inglês] é necessário para assegurar um mercado de trabalho sustentadamente forte e uma economia que funciona para todo mundo", afirmou, em discurso em evento com banqueiros no Estado de Ohio.

A dirigente ponderou que não vê a política monetária em um curso pré-definido e reiterou que as decisões serão tomadas individualmente a cada reunião.

Segundo ela, os juros parecem estar restritivos, em um movimento que apertou as condições financeiras, como manifestado pela escalada dos rendimentos dos Treasuries longos.

"Ainda não conhecemos os efeitos de condições financeiras mais restritivas sobre a atividade econômica e a inflação", comentou ela, que enxerga um ambiente de elevadas incertezas econômicas, diante de riscos geopolíticos e surpresas positivas em dados.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes