IGP-DI: INCC-DI desacelera para 0,20% em outubro, ante 0,34% em setembro, afirma FGV

O Índice Nacional de Custo da Construção - Disponibilidade Interna (INCC-DI) desacelerou de 0,34% em setembro para 0,20% em outubro, dentro do Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI), informou nesta quarta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). No mês, houve arrefecimento de Mão de Obra (0,53% para 0,36%) e Materiais, Equipamentos e Serviços (0,21% para 0,09%). Nas aberturas, houve desaceleração de Materiais e Equipamentos (0,18% para 0,03%), mas avanço de Serviços (0,52% para 0,61%).

Influências

As principais pressões para baixo sobre o INCC-DI de outubro partiram de vergalhões e arames de aço ao carbono (-0,97% para -1,34%), condutores elétricos (-1,28% para -1,25%) e massa de concreto (0,81% para -0,24%), junto com esquadrias de ferro (0,00% para -0,54%) e conta de energia (1,07% para -1,02%).

Por outro lado, as maiores pressões positivas sobre o índice vieram dos itens elevador (0,70% para 0,91%), estaca de concreto (0,00% para 2,11%) e blocos de concreto (0,41% para 0,62%) seguidos por aluguel de máquinas e equipamentos (0,63% para 1,46%) e pedreiro (0,32% para 0,28%).