BCE diz que crescimento do PIB arrefeceu no 3º tri e economia deve continuar fraca no 4º tri

O boletim econômico do Banco Central Europeu (BCE), publicado nesta quinta-feira, 9, afirma que a economia da zona do euro continua fraca, e que é esperado que o aumento real do Produto Interno Bruto (PIB) tenha arrefecido no terceiro trimestre. O BCE também espera que a produção na zona do euro mostre fraqueza contínua neste último trimestre do ano, segundo consta no documento.

O mercado de trabalho na região continua resiliente, mas mais indicadores estão sugerindo sinais de desaquecimento, diz o boletim. Para além do curto prazo, a autoridade monetária espera que o avanço do PIB gradualmente se fortaleça.

O documento também reforça em grande medida o que os dirigentes da instituição comunicaram ao anunciar decisão de manter juros inalterados, no último dia 26.

O boletim reitera que os dirigentes esperam que a inflação permaneça "alta demais por muito tempo", mas acrescenta que o nível de preços caiu marcadamente em setembro.

O documento reafirma que as autoridades consideram que os juros estão em níveis que, se mantidos pelo tempo necessário, contribuirão para o retorno da inflação à meta. Apesar disso, eles repetem que estão preparados para ajustar todos os seus instrumentos, caso seja preciso.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes