IPCA em 12 meses arrefece após três meses seguidos de aceleração

A alta de 0,24% registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em outubro, após avanço de 0,26% em setembro, arrefeceu a taxa acumulada em 12 meses, após três meses consecutivos de aceleração, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mês de outubro de 2022, o IPCA tinha sido de 0,59%.

Como consequência, a taxa em 12 meses passou de 5,19%, em setembro de 2023, para 4,82% em outubro.

A meta de inflação para este ano perseguida pelo Banco Central é de 3,25%, que tem teto de tolerância de 4,75%.