Capacidade de expotação de gás natural deve dobrar até 2027 na América do Norte, diz DoE

O Departamento de Energia (DoE) dos Estados Unidos estima que a capacidade de exportação de Gás Natural Liquefeito (GNL) na América do Norte deve mais do que dobrar até 2027. A expectativa é de que o avanço seja de 11,4 bilhões de pés cúbicos por dia (bcf/d) para 24,3 bilhões de bcf/d no período.

O aumento refletirá o início das operações de terminais de GNL no Canadá e no México, além do crescimento dos serviços dos locais existentes nos EUA, de acordo com o DoE.

Os mexicanos devem ampliar a capacidade em 1,1 bilhão de bcf/d, os norte-americanos, em 9,7 bilhões de bcf/d e os canadenses, em 2,1 bilhões bcf/d, conforme a pasta.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes