Para BCE, regulação de empresas não bancárias do setor financeiro fortalece estabilidade

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, defendeu nesta quinta-feira, 16, que melhorias na regulação de empresas não bancárias do setor financeiro pode ser um passo importante para fortalecer a estabilidade financeira.

Em discurso durante conferência do Conselho de Risco Sistêmico Europeu, o dirigente argumentou que o processo deve ser articulado por meio de uma cooperação internacional.

"Pandemia mostrou que a política macroprudencial não alcançou maturidade integral", afirmou ele, que não abordou temas de política monetária.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes