DF manteve em 2021 maior PIB per capita: R$ 92.732,27, ou 2,2 vezes maior que média do País

O Distrito Federal manteve-se como a Unidade da Federação com o maior Produto Interno Bruto (PIB) per capita brasileiro em 2021, R$ 92.732,27. O resultado é 2,2 vezes maior que o PIB per capita do País, que ficou em R$ 42.247,52 em 2021, após um aumento de 17,6% em valor em relação a 2020, quando era de R$ 35.935,74.

Os dados são das Contas Regionais divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Mato Grosso teve o segundo maior PIB per capita em 2021, R$ 65.426,10, seguido por Santa Catarina (R$ 58.400,55), São Paulo (R$ 58.302,29), Rio de Janeiro (R$ 54.359,61), Rio Grande do Sul (R$ 50.693,51), Mato Grosso do Sul (R$ 50.086,07), Paraná (R$ 47.421,76), Espírito Santo (R$ 45.353,81) e Minas Gerais (R$ 40.052,13).

Pela primeira vez na série histórica, São Paulo não ocupou a segunda posição no ranking de maiores PIBs per capita, descendo em 2021 à quarta posição.

Já o Rio de Janeiro, que iniciou a série com o terceiro maior PIB per capita do País, deixou a sexta posição ocupada em 2020, seu mais baixo patamar, subindo ao quinto lugar em 2021, observou o IBGE.

"Apenas Unidades da Federação do Sudeste, Sul e Centro-Oeste apareceram entre os dez maiores PIB per capita do País. No Centro-Oeste, além da primeira posição ocupada pelo Distrito Federal, Mato Grosso saiu da 11ª para a segunda posição, entre 2002 e 2021. Mato Grosso do Sul ocupou a sétima posição em 2021, avançando uma posição ante 2002, enquanto Goiás caiu da 10ª para a 11ª posição, no mesmo período", apontou o IBGE.

O menor PIB per capita do País em 2021 foi o do Maranhão, R$ 17.471,85.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes