Caixa troca primeiro membro da cúpula após indicado pelo Centrão assumir o banco

A Caixa Econômica Federal informou que Júlio Volpp foi destituído do cargo de vice-presidente de Rede de Varejo. Trata-se da primeira saída de um membro da cúpula do banco público na gestão de Carlos Antônio Vieira, que assumiu a presidência da Caixa no início deste mês, após a demissão de Rita Serrano - que perdeu o cargo em um movimento do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para ceder mais poder ao Centrão em troca de apoio parlamentar.

Vieira chegou ao cargo apadrinhado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), após meses de negociações com o governo Lula.

Funcionário do banco há mais de duas décadas, Júlio Volpp ocupava o cargo desde o ano passado, quando a presidente da Caixa era Daniella Marques. Neste ano, com a troca de governo e de gestão, ele foi mantido no posto pela ex-presidente Rita Serrano, ainda que sob protestos internos diante do fato de ele ter ocupado um posto de dirigente durante o governo de Jair Bolsonaro (PL).

"A Caixa agradece as contribuições, profissionalismo e dedicação, desejando-lhe sucesso nos novos desafios", diz o banco público em comunicado ao mercado.

Enquanto a seleção do novo vice acontece, a área será comandada interinamente pelo diretor de Governança, Estratégia e Marketing, Adriano Assis Matias.

A expectativa é de que praticamente todos os vice-presidentes da Caixa sejam trocados, à exceção da vice de Habitação, Inês Magalhães, que tem maior trânsito político e ligações com o PT.

Publicamente, Vieira tem feito deferências a Serrano e à equipe que trabalhou com ela, afirmando que ela e seus vices ajudaram a recuperar os resultados e a posição da Caixa na economia do País.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes