Dirigentes do Fed veem alto nível de incerteza sobre economia,com riscos altistas e baixistas

Os dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) enfatizaram que há um alto nível de incerteza em torno da economia americana, ao deliberarem sobre juros na sua última reunião de política monetária, no início do mês. A possibilidade de a resiliência nos gastos com consumo - que os surpreendeu para cima - perdurar mais do que o esperado foi visto pelas autoridades como um risco altista para a economia.

Na avaliação deles, a atividade se expandiu a ritmo surpreendentemente forte no terceiro trimestre, os ganhos de emprego também permaneceram robustos, enquanto o desemprego seguiu baixo.

Por outro lado, os participantes do comitê deliberativo listaram como riscos baixistas: a chance de as condições financeiras ficarem apertada demais; eventuais interrupções por causa de uma potencial paralisação do governo (shutdown); e a possibilidade de a retomada de pagamentos de dívidas estudantis pesarem mais do que o previsto sobre o consumo.

Eles ponderaram que a demanda agregada e a oferta agregada continuaram se movendo para um melhor equilíbrio, como resultado também da atual postura restritiva. O mercado de trabalho permanece apertado, mas houve alívio desde o início do ano.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes