Haddad diz que não tem dúvida que reforma tributária será promulgada neste ano

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, reforçou nesta terça-feira, 21, que a proposta da reforma tributária será promulgada ainda neste ano. Após alterações feitas no texto pelo Senado, a PEC precisa de uma reavaliação da Câmara dos Deputados, mas a expectativa é de que o processo para promulgação seja concluído em 2023. "Vai ser promulgada nesse ano, não tenho dúvida", disse o ministro ao participar do quadro Conversa com o Presidente, transmitido ao vivo nas redes do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no período da manhã desta terça.

No programa, Lula e Haddad voltaram a elogiar o trabalho dos relatores da proposta na Câmara e no Senado, que classificaram como essencial para o andamento da reforma.

O presidente Lula também fez menção especial a atuação de Haddad, de ministros palacianos e das lideranças do governo no Congresso na pauta.

"Desenrolam todo dia um problema", disse ele, fazendo um paralelo com o programa de renegociação de dívidas montando pelo governo, o tema principal explorado na live com Lula e Haddad.

O ministro da Fazenda ainda voltou a ressaltar que o andamento da reforma era alvo de ceticismo no mercado, uma vez que a proposta de alteração no sistema tributário é discutida há 40 anos.

"Eu ia nos bancos, empresários, me falavam que era luta perdida", lembrou o ministro.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes