Bolsas da Europa operam em leve alta, em meio a dados e antes de publicação da ata do BCE

Os mercados acionários da Europa exibem ganho em geral contido, nas primeiras horas do pregão desta quinta-feira, 23. O feriado nos Estados Unidos retira liquidez dos mercados, em dia de bolsa fechada também em Tóquio, mas investidores reagem a indicadores da economia local e aguardam a divulgação da ata mais recente da reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE).

Às 6h30 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 operava em alta de 0,12%, em 457,77 pontos.

Na agenda de indicadores, o índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da Alemanha subiu de 45,9 em outubro a 47,1 na preliminar de novembro. Na zona do euro, o PMI composto avançou de 46,5 em outubro a 47,1 na prévia de novembro, quando analistas ouvidos pela FactSet projetavam 46,9. Os dados deram algum fôlego ao euro, mas fizeram pouco para impulsionar as bolsas.

No Reino Unido, o PMI composto subiu de 48,7 em outubro a 50,1 na preliminar de novembro, acima da previsão de 48,7 e também da marca de 50, que separa contração da expansão nessa pesquisa. O dado apoiou um pouco a libra, sem reação relevante na bolsa londrina.

Às 9h30, o BCE publica ata de política monetária. Há expectativa sobre novos sinais para os próximos passos do banco central. A Hargreaves Lansdown comenta que o mercado busca saber por quanto tempo mais a política monetária restritiva será necessária na zona do euro.

Às 6h42, a Bolsa de Londres subia 0,05%, Frankfurt avançava 0,10% e Paris, 0,22%. Milão operava em alta de 0,14% e Lisboa, de 0,17%. No câmbio, o euro se valorizava a US$ 1,0913 e a libra subia a US$ 1,2544.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes