Mercado imobiliário tem baixa nos lançamentos e alta nas vendas no 3º trimestre, diz CBIC

O mercado imobiliário nacional teve queda nos lançamentos e alta nas vendas na comparação entre o terceiro trimestre de 2023 e o mesmo intervalo de 2022, de acordo com levantamento divulgado nesta segunda-feira, 27, pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). A pesquisa considera apenas imóveis residenciais novos e abrange 219 cidades.

O lançamentos recuaram 20,3%, totalizando 64,5 mil unidades, enquanto as vendas subiram 4,6%, para 82,3 mil.

Com isso, o estoque de imóveis (unidades na planta, em obras e recém-construídas) encolheu 10,5%, ficando em 272,1 mil. No ritmo atual de vendas, esse estoque seria consumido em 10,4 meses.

Em termos financeiros, os imóveis lançados no trimestre totalizaram R$ 36 bilhões, o que representa queda de 18,6% na mesma base de comparação anual. E as vendas atingiram R$ 46 bilhões, aumento de 11,9%.

Acumulado

No acumulado dos nove primeiros meses de 2023 em comparação com o mesmo intervalo de 2022, o cenário, os lançamentos diminuíram 16%, para 193,9 mil unidades, enquanto as vendas tiveram baixa de 3%, para 234,9 mil unidades.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes