BofA: Crescimento global deve desacelerar em 2024 e se recuperar em 2025

O Bank of America (BofA) espera uma ligeira desaceleração no crescimento global em 2024, seguido de uma recuperação gradual em 2025. Olhando para os Estados Unidos, o cenário-base segue de um pouso suave, com o Federal Reserve (Fed) iniciando corte de juros em junho, até atingir uma taxa terminal em 2026.

Para a zona do euro, a projeção é que a dinâmica de crescimento permaneça "anêmica", antes de se recuperar em 2025. Já para o Banco Central Europeu (BCE), os cortes também deverão iniciar em junho, com a inflação ficando abaixo da meta em 2025.

Por fim, o BofA manteve projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da China em 4,8% para 2024 e de 4,6% para 2025, com aceleração da inflação no primeiro trimestre de 2024 e com o mercado imobiliário se estabilizando no primeiro semestre do ano que vem. Já na América Latina, a projeção é que haja desaceleração da economia do Brasil e do México, seguida de queda da inflação.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes