'Precisamos focar em fundo garantidor', diz Alckmin, sobre crédito

O vice-presidente Geraldo Alckmin, que ocupa a chefia do governo enquanto o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, está fora do Brasil, disse nesta quarta-feira, 29, que é necessário focar em fundos garantidores para facilitar o crédito. Ele deu a declaração no Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, em Brasília.

"Crédito, dependendo dos juros, pode não ser solução, pode ser complicação. Precisamos focar em fundo garantidor, se não tem dificuldade. O Mário Covas [ex-governador de São Paulo], que era muito brincalhão dizia 'gerente de banco é como aparelho de som. Quando você mais precisa, ele falha'", disse ele.

Alckmin é o presidente em exercício porque o titular, Lula, está na Arábia Saudita. Lula ainda passará por Catar, Emirados Árabes (onde participará da Conferência do Clima) e Alemanha. Deve estar de volta ao Brasil em 5 ou 6 de dezembro.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes