Bancos mantiveram objetivo de incentivar economia, diz presidente do Conselho da Febraban

O presidente do Conselho da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), e agora ex-presidente do Bradesco, Octavio de Lazari Junior, disse nesta sexta-feira, 1º de dezembro, que são os bancos que mantêm a economia em permanente movimento e mantiveram este ano o objetivo de incentivar a atividade econômica.

"Os bancos tem responsabilidade para que essa máquina permaneça sólida", disse o executivo.

Lazari falou da inovação tecnológica nos bancos. "Desenvolvimento tecnológico impõe mais responsabilidades com aumento da concorrência", disse em rápido discurso na abertura do almoço anual dos banqueiros.

"Permaneceremos na vanguarda das inovações tecnológicas, sem perder de vista lado humano", disse Lazari.

No almoço, além do comando dos maiores bancos brasileiros, estava o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

O presidente em exercício da República, Geraldo Alckmin, fará um discurso de forma virtual.

"A tecnologia nos impõe concorrência Os bancos por sua própria natureza se adaptam aos cenários e permanecermos na vanguarda mas sem perder a atenção aos clientes e as pessoa", afirmou Lazari.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes